Germinado, sim obrigado………………

Germinado sim, obrigado…………………..

Existem muitas mezinhas e pózinhos mágicos que se podem acrescentar na papa das nossas aves, a bem da verdade e pelo que a minha experiência me diz muitos desses ditos pozinhos servem essencialmente para alimentar um Mundo paralelo que não é o de dar o melhor às nossas aves, mas sim sustentar alguns lobbies.

Eu próprio já utilizei bastantes produtos nas papas, alguns vi vantagem mas na sua maioria não vi grande rendimento. A nível de criação para Exposição o segredo é mesmo a seleção genética e os seus cruzamentos, esse mais tarde será um artigo que irei realizar sobre o tema.

Voltando ao germinado pela minha experiência e por algumas partilhas da internet, de situações com bons e maus resultados.

1º Devemos adquirir germinado de qualidade, se desconfiarmos compramos a quantidade mínima de sementes, porquê? Podemos estar perante o caso de o vendedor  ter as sementes há bastante tempo e elas perdem as suas propriedades, começando a degradarem-se contaminando mais tarde o germinado, por conseguinte podem matar as aves.

2º Devemos fazer o germinado de modo a que possamos dar ás nossas aves nos nossos tempos livres, daí que teremos de controlar esse processo com mais atenção.

3º Devemos fazer uma quantidade suficiente para no máximo utilizar esse germinado em 3 dias (máximo).

4º Se as sementes indicadas para germinado demorarem mais de 24 horas a mostrar as pontinhas brancas, então deveremos ter cuidado com essa qualidade de sementes, não quero dizer que estejam más, mas com certeza que não compraria outro saco do mesmo sitio e procuraria sementes de melhor qualidade.

Como eu preparo:

1-      Compro as sementes ao mesmo fornecedor de há uns anos para cá, as últimas até germinam bastante rápido fiquei bastante satisfeito, acho que é um germinado destinado aos canários, mas uso sem qualquer problema.

2-      Coloco uma quantidade suficiente para 2 ou 3 dias, num recipiente com agua e misturo as sementes para elas ficarem bem cobertas, espero um pouco e escorro (lavagem), de seguida torno a encher e fica no recipiente de um dia á noite para o outro.

3-      No dia a seguir escorro, e faço 1 ou 2 lavagens torno a escorrer.

Já é possível começar a ver alguma coisa a aparecer, se por acaso estiver em casa de manhã faço esse processo mais cedo, logo as pontas surgem mais rápido.

4-      Por vezes coloco umas gotas de vinagre no inicio do processo, mas não costumo ter problemas, os cuidados são lavar bastantes vezes e deixar a escorrer.

5-      Depois ao segundo dia já dou direto ou misturado na papa.

6-      Uso por mais 2 dias, repetindo sempre as lavagens.

7-      Quando acaba reinício o processo outra vez.

8-      Só posso fazer isso há noite durante a semana e ao fim de semana de manha ou de tarde, quantas mais lavagens se fizer depois das 24 horas , mais rápido se desenvolve.

Muitos são os métodos utilizados pelos mais variados criadores, desde congelar , colocar no frigorifico já misturada na papa, ou simples no frio, juntam anti bolores e anti……………..

Que as aves acabam por comer, eu não vejo grandes benefícios nisso, mas cada um sabe de si.

No que toca as vantagens , acho que isso é obvio e nem vale a pena desenvolver, é só pesquisar na net e não faltam opiniões, pareceres e estudos técnicos.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: